Aqui pode encontrar muita informação sobre Marketing Digital que vai ajudar muito a sua empresa.

Este é o nosso blog!

Vamos mostrar-lhe tudo sobre o que melhor sabemos fazer. Plataformas, técnicas, tendências, números, pesquisas, soluções... Tudo. É só ficar com a Way.
Vamos aprender? Clique aqui.

Como aumentar o PageRank do meu site?

Olá, o meu nome é Vitor Pinheiro, sou especialista em Marketing Digital e hoje na, Way 2 Digital, vamos falar sobre PageRank.

Vamos começar pelo início. O que vem a ser o PageRank?

PageRank é um algoritmo criado por Larry Page e Sergey Brin, fundadores do Google, com o objetivo final de posicionar páginas nos resultados das buscas efetuadas pelo motor do Google.

Podemos descomplicar esta coisa do algoritmo e fazer a analogia com uma receita. Para fazermos um bolo, precisamos de 175gr de farinha, 6 ovos, 150gr de açúcar, misturar tudo, e levar a assar. Se fizermos isto desta forma, teremos como resultado um bolo. Se não colocarmos qualquer um dos ingredientes, ou se não misturarmos os ingredientes, ou se não levarmos a mistura ao forno, teremos alguma coisa mas não será um bolo.

Claro que quando deixamos o campo das analogias, o PageRank é apresentado desta forma:

Equação do PageRank

Complicou, não foi?

Nem por isso. Basta lembrar que o nosso objetivo é simplificar o Marketing Digital, então nós podemos simplificar o PageRank e é isso que vamos fazer. Então o PageRank traduz-se numa coisa muito simples: o número de páginas que apontam o nosso site e o quão importante são esses sites que nos apontam.

Ok, então eu terei um PageRank diretamente proporcional à quantidade de pessoas aponte o meu site, não é isso?

Sim e não. O PageRank leva em conta não só a quantidade de apontamentos mas também a qualidade desses apontamentos. Um  website que tenha 10 apontamentos pode ter um PageRank maior do que outro que tem 300 apontamentos. Isto leva-nos à questão inicial.

Como é que eu aumento o meu PageRank?

Para eu ter um bom PageRank preciso de apontamentos. Para ter apontamentos, preciso de ter algo que faça as pessoas apontarem o meu site. E esse algo é Conteúdo Relevante.

Quanto mais e melhor conteúdo eu conseguir produzir sobre determinado assunto, mais chances eu tenho de propagar esse mesmo conteúdo e com isso criar apontadores de qualidade para as minhas páginas. E na verdade não é tão importante ter muitos apontadores, é melhor que sejam bons apontadores.

Criar conteúdo relevante pode parecer complexo, numa era em que há bastante informação sobre práticamente tudo, mas tente criar conteúdo original, sobre o seu segmento, que mostra o seu ponto de vista, a forma como resolve determinado problema, crie conteúdo dinâmico como videos, exponha esse conteúdo à avaliação do mercado e de outros especialistas que podem emitir opinião. Tente pensar de que forma pode criar conteúdo que possa ser utilizado por grandes empresas de comunicação como a imprensa escrita, portais, etc.

Precisa de ajuda para tornar a sua empresa um autêntico foguete nos motores de busca, lembre-se que a Way 2 Digital é especialista em Marketing Digital e estamos à sua inteira disposição.

A real importancia do SEO

SEO - Sear Engine Optimization

Entender porque o SEO é tão importante para as empresas é fundamental para fazer com que a estratégia de Marketing Digital funcione na perfeição.

Neste artigo eu vou dismistificar o SEO, que é a sigla para Search Engine Optimization, ou em Português, Otimização para Motores de Busca. O SEO é o nome que se dá a um conjunto de regras, técnicas, processos e arquitetura, às quais uma plataforma online deve obedecer com a finalidade de otimizar a indexação, dessas mesmas plataformas, pelos motores de busca.

Agora que definimos o que é o SEO, e até agora está tudo muito fácil, vamos entrar um pouco mais a fundo no tema e para isso vou começar pelo começo.

Como é que os motores de busca indexam páginas na internet?

Bem, para grandes perguntas, grandes respostas. Então vamos a isto. O Google, e vou utilizar este motor de busca porque é o maior e com o qual tenho muita afinidade, utiliza o que chamam de Spiders (aranhas) que tem um objetivo de entrar numa página e percorrer os seus botões e links, que levam a outras páginas (podem ser dentro da mesma plataforma ou não), e a outras páginas, e outras e outras e por ai adiante. O que é que essas Spiders (aranhas) produzem? Isso, uma teia gigante de triliões de páginas. Essas páginas tem conteúdo, umas mais relevante do que outras (mas isso vamos ver depois) e o software do Google compila essa informação para saber onde está o quê, sempre que essa informação é necessária.

Ok, então já sabemos como é que o Google cria esta rede de páginas indexadas no seu sistema. Agora, como é que ele decide o que vai mostrar e como vai classificar essas páginas sempre que alguém procurar por alguma coisa no motor de busca?

A resposta, meus amigos, leva-nos à importancia do SEO.

De que forma o SEO pode ajudar a melhorar o meu posicionamento nos motores de busca?

O Google decide que posicionamento atribui a cada página com base na sua relevância. E como é que ele classifica essa relevância? Simples. O Google faz perguntas ao nosso site, e as respostas ditam a relevancia daquela página perante aquele assunto.

# Quantas vezes a minha página contém as palavras-chave utilizadas na pesquisa?

# Essas palavras-chave aparecem no título da página?

# Elas aparecem na URL da página?

# Estão na descrição?

# A página tem sinónimos para essas palavras-chave?

# O conteúdo que está na minha página é original ou é copiado?

# A página de chegada está num site de qualidade boa ou má?

# Há muitos sites com apontamentos para a minha página, ou não?

# Tenho imagens no conteúdo da minha página?

E estas são apenas as perguntas mais importantes porque há muitas outras perguntas que o Google faz aos nossos sites.

É então imperativo começar a responder de forma positiva a todas estas questões para colocar o nosso site na linha da frente. Há algumas coisas que podemos fazer primeiro. Verificar se as palavras-chave (meta_keywords) representam um bom volume de pesquisas. Ser abrangente quanto aos termos e palavras-chave, mas ter em atenção que essa abrangência deve estar também no conteúdo. Re-escrever Títulos, URL’s e Descrições de forma a que esteja presente a palavra-chave. Repetir bastante as palavras-chave durante o texto, mas de forma a que faça sentido. Ser original e demonstrar que domina o assunto sobre o qual está a criar conteúdo. Ilustrar esse conteúdo com imagens sempre que for possível. Atribuir links para as suas próprias páginas como forma de mencionar outros artigos, ou mesmo produtos, que tenham a ver com o tema que está a escrever.

Claro que nada disto terá impacto se o conteúdo que estivermos a gerar não for do interesse das pessoas e não tiver qualidade.

Um erro muito comum é focar na matemática e esquecer o conteúdo. De nada importa eu ter uma arquitetura bem desenvolvida e limpa, se o conteúdo que eu crio não capta a atenção das pessoas que podem ter interesse sobre o assunto. E sobre como criar conteúdo, eu sugiro a leitura deste artigo, que dá excelentes sugestões sobre “Como criar conteúdo para o meu website”.

Então em forma de resumo:

SEO, ou Search Engine Optimization, é um conjunto de práticas e regras para que as nossas plataformas consigam comunicar de forma mais amigável com os motores de busca. Os motores de busca indexam páginas encontradas pelos seus spider software e sempre com uma política de seguir rastro de links. Essa informação é armazenada e sempre que alguém pesquisa por alguma coisa, os motores de busca classificam e entregam essa informação fazendo perguntas a essas páginas.

Portanto, faça essas perguntas a si mesmo. Como o seu site responde a estas perguntas que o Google faz? Essas respostas tem conseguiriam classificar bem o seu site? Ou ele está a ter uma nota negativa na prova?

Não se esqueça que a Way 2 Digital é especialista em SEO e estamos prontos transformar a sua empresa num autêntico foguete dos motores de busca.